TUCANO TOCO

FALE CONOSCO

ENCOMENDAR ESSA AVE
Quer encomendar essa AVE, use o formulário abaixo e em breve retornaremos

Descrição

Tucanuçu

Também conhecido como tucano-toco, o tucanuçu (Ramphastos toco) é o maior dos tucanos, vivendo em todo o Brasil central e partes da Amazônia. No Cerrado e na Mata Atlântica pode-se encontrar a espécie em maior número, em rápidas visitas a pomares e árvores com frutos.
Os tucanos são, junto com as araras e papagaios, um dos símbolos mais marcantes das aves do continente sul-americano. Seu colorido, o formato e tamanho do bico chamam a atenção com facilidade, tornando-os inconfundíveis.

 

Nome Científico

Seu nome científico significa: ave de bico grande como uma espada (Ramphastos) que faz seu ninho no oco/ toco do pau (toco).

 

Características

Com a característica marcante de possuir enorme bico alaranjado com uma mancha negra na ponta. Sua plumagem é negra, destacando-se o papo e o uropígio brancos, além do crisso manchado de vermelho. Destaca-se também a área de pele nua de cor laranja ao redor dos olhos e as pálpebras azuis. O bico amarelo-alaranjado de tecido ósseo esponjoso, que mede cerca de 20 centímetros, é duro e cortante, sendo usado como uma pinça para capturar alimento. Apesar do tamanho, é muito leve, devido à estrutura interna, onde existem grandes espaços vazios. O tucano usa-o com grande habilidade, apanhando desde pequenas presas até separando pedaços de alimentos maiores. Suas bordas são serrilhadas e a força do tucano corresponde a seu tamanho. Para ingerir o alimento, lança-o para trás e para cima, em direção à garganta, enquanto abre o bico para o alto. Mede 56 centímetros de comprimento e pode pesar 540 gramas.

Vocalização: Emite séries irregulares de grunhidos, desde “grrr” até “gruuuuuuuunkt”. Em seu repértório de sons, também se incluem “greeeeekt-eeeek” e “aaaaaaark-rk”.

 

Subespécies

Possui duas subespécies reconhecidas:

  • Ramphastos toco toco (Statius Muller, 1776) – ocorre nas Guianas; norte e nordeste do Brasil.
  • Ramphastos toco albogularis (Cabanis,1862) – leste, sudeste e sul do Brasil, bem como Paraguai, Bolívia e norte da Argentina. Bico menor e garganta com menos amarelo que a forma nominal. Também não possui penas vermelhas na borda inferior. Além disso, a cinta vermelha, no peito, é mais fina.

Alimentação

Sua dieta consiste basicamente de frutas (bananas,mamões) insetos e artrópodes,em certas ocasiões pode até se alimentar de pequenos macacos, mas também costuma saquear ninhos de outras aves e devorar ovos e filhotes. Devido a essa característica, são prontamente perseguidos pelas aves em período reprodutivo.

 

Reprodução

Faz seu ninho em árvores ocas, buracos em barrancos ou em cupinzeiros. Costuma botar de dois a quatro ovos, que são incubados por período de 16 a 18 dias. O macho costuma alimentar a fêmea na época da reprodução. Seus predadores são: os macacos que saqueiam o ninho e os gaviões. Vivem em casais no período reprodutivo, formando bandos após a saída dos filhotes dos ninhos.

 

Hábitos

Vive aos pares ou em bandos de duas dezenas de aves que voam em fila indiana. Voa com o bico reto, em linha com o pescoço, alternando curtas batidas com um planar mais demorado. Ao dormir vira a cabeça e descansa o bico nas costas. Comunicam-se com chamados graves, parecendo um pouco o mugido do gado (vindo daí o nome goiano de tucano-boi).
Habitam as matas de galeria, cerrado, capões; única espécie da família Ramphastidae que não vive exclusivamente na floresta, sobrevoa freqüentemente os campos abertos e rios largos; gosta de pousar sobre árvores altaneiras. Menos sociável que os outros tucanos. Os ocos também são usados para dormir, quando a grande ave dobra-se de tal forma que diminui o seu tamanho em dois terços. Inicialmente, coloca o bico sobre as costas e, em seguida, cobre-se com a cauda. Essa posição de dormida também é usada quando dorme no meio das folhas da parte superior da copa das árvores.

 

Distribuição Geográfica

De larga distribuição em regiões campestres do interior, da Amazônia (p. ex. Manaus e foz do Amazonas) ao Paraguai, Bolívia e Argentina; não atinge o litoral nordestino.

 

 

Referências

  • https://www.wikiaves.com.br/wiki/tucanucu

ALIMENTAÇÃO

Para o bem estar de sua ave, sempre recomendamos uma adequada dieta balanceada. As dietas balanceadas para as aves (tipo ração) são fabricadas no Brasil e podem ser encontradas nas lojas especializadas. Uma boa opção é a ração extrusada MEGAZOO, de alta digestibilidade e formulada para atender às necessidades nutricionais das aves de médio e grande porte. A ração balanceada reduz o desperdício de alimento, é de uso prático e principalmente, torna as aves bem nutridas e saudáveis. A ração balanceada pode ser a única fonte de alimentação, mas frutas, verduras, sementes e castanhas podem ser oferecidas eventualmente como petiscos eventuais. Todos os filhotes enviados aos clientes pelo CRIATÓRIO VALE VERDE são entregues com todas as orientações necessárias para o bem estar do animal.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “TUCANO TOCO”
Shopping cart
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0
X